Os erros mais comuns no Marketing Digital das Empresas

Os erros mais comuns no Marketing Digital das Empresas

De acordo com o relatório anual da Hootsuite e da We Are Social existem 7,20 milhões de utilizadores de internet em Portugal, dos quais 6,10 milhões são utilizadores ativos nas Redes Sociais, praticamente 60% da população.

Mesmo entendendo a importância dos meios digitais algumas empresas não dão valor à comunicação estruturada por acharem que não fará qualquer diferença nos resultados das suas empresas.

Ao longo dos anos em que atuo como consultor de marketing digital tenho encontrado alguns erros comuns à presença das empresas nos meios digitais.

1- Falta de Planeamento

Estar nos meios digitais com um site ou nas redes sociais só por estar não trará resultados à empresa.

Não saber o que pretende é um erro grave. Não saber que tipo de retorno pretende ter da presença digital bem como não saber qual é o perfil exato do público-alvo levará também a não saber qual o caminho a percorrer.

 

2- Contratar “sobrinhos”, “enteados”, “primos” e afins

Outro fenómeno é o de contratar um parente ou amigo próximo que até percebe de Facebook e depois terá como resultado publicações com uns gostos dos seus amigos e alguns comentários sem sentido.

Estas ações não trarão quaisquer resultados para a sua empresa.

Será este tipo de comunicação que quer ter para os 7,20 milhões de utilizadores de internet em Portugal?

 

3- Não ter um Site otimizado para os motores de Busca (Google, Bing, etc…)

Quando quer encontrar um produto ou serviço qual é a primeira coisa que faz? Vai procurar no Google certo?

Então se não estiver na primeira página quem vai lá estar?

Os seus concorrentes.

 

 4- Ter um Site Desatualizado

Hoje os sites são vistos em muitos dispositivos, no computador, em tablets e em vários tipos de smartphones.  Terá de ser responsivo, ou seja, que se adapta a qual tipo de equipamento, facilitando assim a navegação no site.

 

5- Não atualizar as Redes Sociais da Empresa

Encontrar uma página de Facebook em que a última publicação tem mais de quatro ou cinco meses os clientes vão pensar que a empresa não está a funcionar. Isto é um grande risco para as empresas.

O ideal será ter pelo menos uma comunicação semanal mantendo assim a ligação à comunidade que segue a página.

 

6- Querer Resultados Imediatos

Nos meios digitais, bem como nos meios offline os resultados começarão a aparecer a médio ou a longo prazo. Sempre ouvi dizer que “depressa e bem não há quem”.

Muitas vezes a urgência nos resultados leva a investimentos pouco ponderados e consequências desastrosas criando decepções nos empreendedores.

 

7- Não Avaliar Relatórios

A medição com precisão do tráfego, das metas atingidas no site e nas redes sociais devem ser avaliadas mensalmente.

A maior vantagem da Internet em comparação com os outros meios é a capacidade de mensuração através de resultados para uma análise contínua do posicionamento no mercado.

É certo que existem muitos outros erros, mas estes são aqueles mais comuns.

A metodologia deverá ser baseada nas dinâmicas da atividade de cada consumidor na internet e a partir daí desenvolver uma estratégia de comunicação para os meios digitais.

Para isso baseio-me numa metodologia de Marketing Digital que consiste na pesquisa sobre os hábitos dos consumidores e na criação de uma planificação estratégica.

Resultando na produção das plataformas digitais e na publicação de conteúdos persuasivos aplicando a promoção nos meios digitais adequados.

Depois de aplicar técnicas para aumentar o potencial da propagação passa-se para o desenvolvimento de estratégias de fidelização do cliente onde a personificação gera um relacionamento direto com o consumidor.

Após medidos os resultados alcançados passamos para a precisão onde se pode reajustar a estratégia em qualquer momento.

 

Bruno Carapinha – Consultor de Marketing Digital

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*